A astrologia como ferramenta de autoconhecimento e desenvolvimento humano

Atualizado: Fev 8


Hoje em dia existe muita informação sobre o que é a astrologia e como ela pode ser utilizada em diversos aspectos da vida.

Meu intuito não é definí-la, mas trazer reflexões sobre como essa linguagem pode auxiliar você, leitor (a), na sua jornada.


Para isso, gostaria de trazer ao máximo exemplos práticos, pois como professora, consultora, palestrante e criadora de conteúdo, eu sei o quanto trazer para mais próximo do nosso dia-a-dia facilita o entendimento.


Voltemos no tempo. O ano era 1983. Julho de 1983. Uma jovem mulher estava à espera de sua primeira filha, aos 9 meses já. Essa jovem era minha mãe e a filha era eu. Alguns detalhes na história que antecede o meu nascimento me fazem pensar em como os Acontecimentos revelam sobre a influência do tempo, clima em nossos comportamentos. Explico: minha mãe conta que ela ficou por mais de uma semana ”incomodada”, com aquela sensação de: vai nascer agora! Eu, uma canceriana de sol e lua em escorpião que seria, enganei mamis direitinho (coitada, ela passava noites acordada sentada na cama). Eu brinco dizendo que queria ficar aninhada dentro do útero quentinho, afinal fazia bastante frio em São Paulo nesta época!




Eu dei trabalho, eu sei! Não curto o clima frio 🤨


Você deve estar se perguntando aonde quero chegar. Para a astrologia temos um mapa natal (astral), o qual funciona como uma espécie de GPS pessoal. Sendo assim, utilizando esta analogia, podemos interpretar que o mapa astral nos mostra possibilidades de caminhos, por que ali estão representadas áreas/setores da nossa vida, bem como nossos “papéis” nela (amiga, esposa, namorada, profissional, filha, irmã, colega de trabalho, parceira de negócios, etc).


Um mundo de possibilidades, eu diria! Voltando ao nascimento, o mapa astral é calculado com base na data, local e horário do nascimento de cada pessoa, assim cada pessoa tem um mapa com configurações diferentes de outra, por que o posicionamento dos planetas e signos nas 12 casas do mapa astral é “definido” por esses dados de nascimento. Assim, se eu nascesse 8 dias antes do dia em que nasci , a posição dos planetas e signos no meu mapa seriam diferente. Ou seja: eu seria outra Sú. Por que? Por que como astrólogos acreditamos que essa configuração astral influencia em quem nós somos, como comunicamos, nos expressamos, nos relacionamos, nossas escolhas e por aí vai...


Por essas e outras questões a astrologia é uma ferramenta poderosa de autoconhecimento, empoderamento pessoal e também desenvolvimento humano.


Bom, ainda tenho muito o que compartilhar contigo sobre minhas observações e acontecimentos baseados no meu #gpspessoal (mapa astral)


Fica aqui comigo, vamos juntas (os) nesta jornada incrível de possibilidades!


Ah! Se você ainda não teve a oportunidade de fazer a leitura do seu mapa astral com alguma astróloga, ou gostaria de fazer novamente, aqui no site você tem a opção de realizar agendamento comigo. Também tem opções de Workshop, Vídeos motivacionais e leitura de oráculos. Todas essas ferramentas estão à sua disposição, para te ajudar a ter mais clareza e direcionamento.


Um abraço


Sú Almeída