Astrologia e planejamento: 4 dicas para se beneficiar da ajuda dos astros

Vamos falar sobre planejamento e astrologia.

O que uma coisa tem a ver com a outra Sú?

Tudo! Vem comigo neste artigo que você vai entender…



A astrologia surgiu da observação dos astros, o movimento deles e o que acontecia por aqui na terra durante essa movimentação. Nesta observação (que começou há muitoooooo tempo, mais ou menos com os babilônicos), os povos antigos buscavam conseguir o máximo de eficiência no plantio, colheita, movimentação de um lugar para outro (nomadismo), entre outras questões do dia-a-dia: qual o melhor momento para plantar? Para colher? Quando o rio e mar irão encher? Etc





As horas também se baseiam no movimento dos astros, no caso, sol (horas) e lua (minutos). Pois é! Os astros estão presentes nas nossas vidas muito mais do que nos damos conta!

Bom, se a astrologia está presente até mesmo nas horas (a astrologia é o estudo da relação entre a movimentação dos astros e a terra e o que está nela), logo podemos utilizá-la de maneira mais consciente para nos planejarmos.


Mas, como?



Abaixo segue 4 dicas para te ajudar a ir se familiarizando com o tema:


  1. Comece a entender seu mapa astral (seu GPS pessoal). Caso você nunca tenha feito a leitura dele com uma astróloga (o), um profissional, recomendo. Não tenha pressa de entender tudo, até por que você irá perceber que, quanto mais estudamos nosso mapa astral, mais temos a aprender sobre ele. O autoconhecimento é um caminho constante.

  2. Após entender minimamente a dinâmica do seu mapa astral, vá se familiarizando com o simbolismo dos planetas, pois eles são os agentes na astrologia. Eles que imprimem a ação, os acontecimentos.

  3. Depois de entender minimamente os temas dos planetas e suas dinâmicas (o que te levará consequentemente aos signos e às casas astrológicas), você pode ir aprendendo sobre os aspectos, que são as conversas que os planetas fazem entre eles…

  4. O próximo passo seria aprender sobre os trânsitos, que é o movimento dos astros e a influência desse movimento sobre o seu mapa astral.


De uma maneira resumida, seria esse um passo-a-passo para quem deseja utilizar esse conhecimento no planejamento de maneira autodidata, semi-autônoma (por que indiquei a leitura do mapa com um profissional).


😃No meu perfil do Instagram fiz uma série de posts sobre os dias da semana e os planetas (para conferir clica aqui)


📍Outro caminho, que considero mais acessivel em tempo e financeiro (por que para aprender a interpretar o mapa juntamente com os trânsitos, revolução solar, etc, é necessário um investimento considerável nestes dois sentidos), é investir em cursos/eventos de astrologia na prática, e/ou algum conteúdo de astrologia na prática com previsões.


Em todo caso, o caminho para um planejamento com o auxílio dos astros vai te pedir algum investimento. Os profissionais que hoje compartilham conteúdo investiram e os anteriores a eles provavelmente muito mais, por que o conhecimento ao qual temos acesso hoje por muito tempo foi restrito à pessoas que detinham condições financeiras extremamente boas (Reis, rainhas, nobres, a considerada elite).

🎆Hoje felizmente temos acesso à astrologia de uma maneira muito abundante. Eu recomendo, também, que você procure aprender com pessoas que realmente levam esta ferramenta com toda a seriedade e respeito que ela merece.


Vou ficando por aqui, desejando que você encontre na astrologia o apoio para encontrar as direções que procura, lembrando que o protagonismo no processo de autoconhecimento é primordial para sermos cada vez mais pessoas realizadas.


🙏✍🏼Caso precise de ajuda no seu processo de aprendizagem, clica aqui e veja as opções disponíveis.

Esse conteúdo foi útil para você? Compartilhe 🤳🏼


Um abraço da Sú.

Posts recentes

Ver tudo